Foro de São Paulo manda Brasil importar 6 mil “médicos” cubanos para propagandear “socialismo”

Galeria

Esta galeria contém 1 imagem.

Por Jorge Serrão – serrao@alertatotal.net Abusando da desculpa de que o Brasil precisa de pelo menos seis mil profissionais de  saúde para atender a população em áreas e regiões carentes, o governo Diilma-Lula vai promover o seu “maior salto” rumo a um … Continuar lendo

Hacker chantageia Lula em US$ 25 milhões para não divulgar na internet dados comprometedores

Galeria

Extraído de http://www.alertatotal.net/ Exclusivo – Luiz Inácio Lula da Silva é vítima de uma milionária chantagem cibernética. Um hacker está cobrando a bagatela de US$ 25 milhões, em troca da não divulgação pública de informações financeiras supostamente comprometedoras do ex-Presidente da República Sindicalista … Continuar lendo

Vazamentos da PF indicam que Dilma teria domínio dos fatos sobre como Rose agia para Lula e Dirceu

Galeria

Esta galeria contém 2 imagens.

Pelas infoirmações vazadas a conta-gotas, até agora, da Operação Porto Seguro, fica evidente que o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua continuadora, Dilma Rousseff, e o grande líder petista José Dirceu de Oliveira e Silva, tinham bastante domínio … Continuar lendo

Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra

Em 20 de novembro comemora-se oficialmente, pela primeira vez, o Dia Nacional de Zumbi e o da Consciência Negra. Dos 191 milhões de brasileiros, aproximadamente 15 milhões se declaram negros, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados na ultima quarta-feira (16). Esta parcela da população passou a receber atenção especial do governo, por meio da Secretaria Especial de Politicas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR). Entre 2005 e 2011, a pasta teve orçamento significativamente elevado de R$20,2 milhões para R$95,4 milhões.

A lei que instituiu oficialmente a comemoração do Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra foi sancionada no começo do mês pela presidente Dilma Rousseff. Ao assinar o documento, ela ignorou a antiga reivindicação do movimento negro para que incluísse a data no calendário dos feriados oficiais da República.

Originalmente, a criação da data foi apresentada em 2003 pela senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), que é descendente de ucranianos. Ao tramitar pela Câmara, um substitutivo propôs a inclusão da data na relação de feriados nacionais. Mas no retorno ao Senado, a ideia foi rejeitada. Dilma preferiu não alterar o projeto, mantendo a ideia de comemorar da data, mas sem parar o País. Contudo, em mais de duas centenas de municípios, porém, a data já é considerada como feriado.

Até o início da década de 1970, a principal comemoração relativa ao fim da escravidão no Brasil era o 13 de Maio – data em que a princesa Isabel assinou a chamada Lei Áurea, extinguindo oficialmente a escravidão. Em 1971, porém, em plena ditadura militar, militantes negros do Rio Grande do Sul, decidiram que a melhor data seria a da possível morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.

Zumbi morreu em combate, após comandar durante mais de uma década um movimento de resistência contra a escravidão. Chegou a reunir milhares de rebeldes no Quilombo dos Palmares, em Alagoas.